A arte perdida de dizer “bom dia!” a quem passa


Um homem entra na carruagem do comboio e, antes de se sentar, diz um amigável “bom dia” para outro homem. Este, por sua vez, desvia o olhar do computador em que estava a trabalhar, fita o recém chegado mas não responde, regressando ao teclado e ao ecrã. 

O homem do “bom dia”, intolerante face à falta de cordialidade, murmura algo imperceptível, forçando o segundo a olhá-lo novamente, desta vez com atenção. Convém aqui dizer que o homem do “bom dia” era de cor, mas numca se espera que a cartada racista seja atirada tão rapidamente. Ainda de pé a dobrar o casaco, o homem atira: “Eu disse bom dia e não me respondeu. Não gosta de falar com negros, é isso?”. Repetiu a frase. O homem do computador ficou ainda mais branco mas nada respondeu, virou-se para o computador e esperou que o incidente não escalasse e tomasse outras proporções. O homem do “bom dia” acabou por não se voltar a manifestar, sentou-se, e o resto da viagem foi feita a ler e a recortar artigos de um jornal. 

A maioria dos passageiros que assistiu à cena entre os dois deve ter pensado, pelo menos, uma de duas coisas: ou que o homem do computador foi arrogante ao não ter respondido; ou que o homem do “bom dia” foi intrometido ao exigir resposta de alguém que não conhecia. Outros passageiros pensarão na questão racista. 

Independentemente do que tenha acontecido realmente, este episódio faz-nos pensar na maneira como certas expressões ditas em contextos diferentes provoca reacções diversas. O acto de dizer “bom dia” ou “boa tarde” ou “boa noite” não tem o mesmo significado numa aldeia e numa cidade, onde só se cumprimenta quem verdadeiramente se conhece. Seria muito difícil alguém que ande pelas ruas da Junqueira não se sentir constrangido por não responder ou não tomar a iniciativa de saudar quem passa. Ser rude pode passar incólume mas dificilmente é esquecido numa aldeia, ao passo que na cidade ser cordial não faz normalmente parte do plano do dia.

A todos os que por aqui passarem, onde quer que nos leiam: bom dia!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s