Deolinda Amorim da Silva Capela

Dados biográficos:

Notícias completas:

27 DE FEVEREIRO DE 1971 (Do jornal Renovação, de 27-2-71) TRIBUNAL JUDICIAL da Comarca de Vila do Conde Anúncio (1ª Publicação) Por este Tribunal e 2.ª Secção de processos correm termos uns autos de execução de sentença em que são: Exequente – José Ferreira Gomes, casado, empreiteiro, da freguesia de Fornelo, desta comarca e – Executados – Maria Amorim da Silva Capela e marido Manuel Lopes da Silva, proprietários, e Deolinda Amorim da Silva Capela, solteira, maior, doméstica, do lugar de Barros, Junqueira, desta comarca e pelos referidos autos correm éditos de vinte dias a contar da publicação do segundo e último anúncio citando os credores desconhecidos daqueles executados para no prazo de dez dias findo o dos éditos, reclamarem querendo, quaisquer créditos com garantia real sobre o produto dos bens penhorados aos referidos executados na dita execução, nos termos do n.º 1 do artigo 825 do C. P: Civil. Vila do Conde, 13 de Fevereiro de 1971. O juiz de Direito, António Noronha Tavares Lebre O Escrivão da 2.ª Secção, António Teixeira Moreira A F.

24 DE ABRIL DE 1971 (Do jornal Renovação, de 24-4-71) TRIBUNAL JUDICIAL da Comarca de Vila do Conde (1.ª Publicação) No dia 21 de Maio próximo, pelas 10, 30 horas, no Tribunal Judicial desta comarca e pelos autos de execução de sentença que corre termos pela 2.ª Secção e na qual são exequente – José Ferreira Gomes, casado, empreiteiro, da freguesia de Fornelo, desta comarca e – Executados – Maria Amorim da Silva Capela e marido Manuel Lopes da Silva, proprietários e Deolinda Amorim da Silva Capela, solteira, maior, doméstica, do lugar de Barros, freguesia da Junqueira, desta comarca, vão à praça pela primeira vez, a fim de serem arremetados em hasta pública, pelo maior preço oferecido acima do valor adiante mencionado, os seguintes prédios: A ARREMATAR 1) Campo da Cortinha dos Pinheiros, de lavradio, no lugar de Cortinhais, freguesia da Junqueira, desta comarca, descrito na Conservatória do Registo Predial sob o número 3274 – L B – 9 e inscrito na respectiva matriz sob o artigo 67. Vai à praça pelo valor matricial de 7.020$00. 2) Campo da Cortinha de Cima, de lavradio, no lugar de Cortinhais, freguesia da Junqueira, descrito na Conservatória como parte subsistente do número 18935 do Livro B – 50 e inscrito na matriz predial rústica sob o artigo 90. Vai à praça pelo valor matricial de 3.800$00. Vila do Conde, 17 de Abril de 1971. O juiz de Direito, António Noronha Tavares Lebre O Escrivão da 2.ª Secção, António Teixeira Moreira A F.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s