José António da Fonseca e Costa*

Dados biográficos:

– residente em Ferreiró

– comerciante em Angola

– nasceu a 12 de Janeiro de 1826 e morreu a 30 de Setembro  em 30 de Setembro de 1897

– casado com Mariana da Cruz Fonseca

– pai de Ricardo Severo

Notícias completas:

30 DE AGOSTO DE 47 “Trindade” de vigaristas – Foram presos e entregues ao poder judicial Manuel Pereira, empregado fabril, residente na freguesia da Junqueira, Albino Leites, empregado comercial, de Lordelo, Guimarães, e Américo Carneiro, casado, comerciante da mesma freguesia e concelho, por terem burlado José António da Fonseca, industrial da freguesia de Ferreiró, daquele concelho.
Estes vigaristas, servindo-se de facturas falsas adquiriram na fábrica manual que aquele senhor possui na freguesia de Ferreiró, diversas fazendas no valor de 14.337$00, dizendo-lhe para ir receber a respectiva importância ao fim de oito dias, a determinada casa comercial do Porto. E só quando o queixoso procurou liquidar a factura da transacção se viu roubado e recorreu à polícia que depois de porfiadas investigações, prendeu os honestos comerciantes, que já tinham gasto o produto do furto.
Os malandrins, que se fazem transportar de automóvel e de moto, praticaram idêntica proeza, na última semana, na freguesia de Macieira de Rates, do concelho de Barcelos.

Nota: estes dados foram compilados pela Sra. D. Maria José Fonseca Magalhães e Silva, bisneta de Mariana da Cruz Fonseca, neta de José Fonseca Costa e Clara Fernandes da Fonseca, a quem agradeço a preciosa colaboração.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s