Maria Alice da Silva Aguiar

Dados biográficos:

– casada com António da Silva Baptista

– mãe de Pe. Manuel Baptista da Silva

Notícias completas:

31 DE JULHO DE 1965 P.e Manuel Baptista da Silva – COM FOTO S. Simão da Junqueira, uma das mais belas e progressivas freguesias do nosso Concelho, alindou-se com arcos, bandeiras, cordas e tapetes de flores naturais para servir de cenário à Primeira Missa que na sua Igreja Paroquial cantava um seu filho querido. Todo o povo da Junqueira viveu esse grande dias. Incansavelmente, rapazes e raparigas, homens e mulheres trabalharam nos enfeites que acima falamos. Momentos antes, o Neo-Presbítero saiu, em cortejo, da sua residência em direcção à Igreja Paroquial, incorporando-se nele os seus pais, familiares, convidados e muitos dos seus condiscípulos. Às 11 horas, com o templo literalmente cheio, o P.e Manuel iniciou a Missa, servindo-lhe de diácono e sub-diácono, respectivamente, os P.es António de Oliveira e Manuel do Vale Meira, seus condiscípulos. Foi Mestre de Cerimónias o Rev. P.e Porfírio Salazar, pároco de Arcos e Presbítero Assistente Monsenhor Pires Quesado, Arcipreste de Vila do Conde. O coro, formado por elementos da “Schola Cantorum”, do Seminário de Braga, foi dirigido pelo P.e Manuel Branco Matos. A Oração Sagrada proferiu-a o Rev. Dr. Miguel Baptista Pereira, Assistente da Faculdade de Letras de Coimbra. Serviram às 1.as lavandas o pai do sacerdote, sr. António da Silva Baptista, Alberto Aguiar e Marcelino Aguiar; e às 2as, os srs. Engenheiro Duarte Silva, Dr. Carlos Pinto Ferreira e António Ramos. Foi cantada a “Missa da Senhora do Sameiro”, do Dr. Manuel Faria, F. J. Cantou-se Solene “Te-Deum”, com Exposição do SS.mo Sacramento e o neo-sacerdote deu a Bênção Papal aos fiéis, privilégio concedido recentemente pelo Santo Papa aos neo-sacerdotes no dia da sua Primeira Missa. Terminou com a tocante cerimónia do “Beija-Mão”, ajoelhando-se aos pés do Sacerdote todas as pessoas que enchiam literalmente o vasto templo da Junqueira. – Na casa dos pais, no lugar da Garrida, foi finalmente oferecido um almoço de confraternização a um elevado número de convidados. Os brindes foram iniciados pelo Rev.do Dr. Miguel Pereira, seguindo-se-lhes os dos Srs. Presidente da Câmara, Monsenhor Pires Quesado, Pároco da Junqueira, P.e Costa Araújo e alguns condiscípulos. Finalmente, o P.e Manuel Baptista da Silva agradeceu a todos os que tão dignamente o souberam honrar nesse dia grande da sua vida. “Renovação” agradece o convite, lamenta não ter podido estar presente o seu representante e deseja ao P.e Manuel Baptista da Silva as maiores felicidades na vida de Apostolado que vai iniciar. NOTAS – O Rev. P.e Manuel Baptista da Silva é filho do sr. António Baptista da Silva e da sra. D. Maria Alice da Silva Aguiar, que registava nesse dia o seu aniversário natalício, razão porque foi escolhido para a celebração da Missa. – As ornamentações que se estendiam desde o lugar da Garrida até à Igreja Paroquial, devem-se a toda a gente da Junqueira, que trabalhou devotadamente para que esta Missa Nova ficasse memorável. – Ao Rev. Pároco da Junqueira, “Renovação agradece a cedência da gravura e as notas fornecidas para a elaboração desta notícia. F. S. G.

10 DE FEVEREIRO DE 1968 Tribunal Judicial da Comarca de Vila do Conde (…) 2ª Secção (…) Inventário obrigatório por óbito de António da Silva Baptista, que foi da Junqueira – Inventariante: Maria Alice da Silva Aguiar. (…)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s