Mariana da Silva Ribeiro Nogueira

Dados biográficos:

  • casada com Paulino da Costa Amorim
  • filha de Horácio da Silva Nogueira e de Amélia da Silva Ribeiro
  • sogra de Júlio Balazeiro Amorim
  • mãe de Maria Alice Nogueira Amorim, Horácio Nogueira Amorim e Maria Cândida Nogueira Amorim
  • sogra de Júlio Balazeiro Amorim (Maria Alice) e de Manuel Maia de Oliveira (Maria Cândida)

Notícias completas:

13 DE MARÇO DE 43 (Junqueira, 10) Ontem baptizou-se na nossa igreja um filhinho do sr. Júlio da Costa Amorim e de sua esposa sra. Maria Lopes Balazeiro Amorim. Foram padrinhos os srs. Paulino da Costa Amorim e sua esposa D. Mariana da Silva Nogueira.

12 DE DEZEMBRO DE 1959 Junqueira, 2 Casamento No passado dia 28 de Novembro, contraíram matrimónio na Igreja Paroquial desta freguesia, a menina Maria Alice Nogueira Amorim, filha do sr. Paulino da Costa Amorim e da sra. D. Mariana da Silva Nogueira e neta do sr. Horácio da Silva Nogueira e da sra. D. Amélia da Silva Ribeiro, e o sr. Júlio Balazeiro Amorim, filho do sr. Júlio da Costa Amorim e da sra. D. Maria Balazeiro Amorim. O acto religioso, que foi celebrado pelo pároco desta freguesia, teve início às 11 horas. No fim, o celebrante fez a costumada alocução, lembrando aos noivos os seus novos deveres de marido e esposa e indicando-lhes o caminho a seguir para encontrarem a felicidade no matrimónio. Findas as cerimónias religiosas, os convidados dirigiram-se para a Quinta do Cerqueiral, propriedade do avô da noiva, onde foi servido um lauto banquete. Aos brindes falaram os srs. Dr. Carlos Pinto Ferreira e Pe. Manuel Gomes da Costa, ex-pároco desta freguesia, que enalteceram as qualidades dos noivos e de suas famílias, augurando-lhes um futuro risonho e feliz. Em seguida, o sr. Horácio da Silva Nogueira, avô da noiva, agradeceu a todos os convidados a sua presença e dirigiu os últimos conselhos. Pelas 18 horas, os convidados acompanharam os nubentes à sua nova residência, no lugar de Chantada, onde lhes foi servido um finíssimo copo de água. Aos noivos, os nossos desejos de que constituam um lar, onde reine sempre a paz e a alegria. – C.

1 DE JUNHO DE 1968 Falecimentos Horácio da Silva Nogueira Na passada quinta-feira e na sua residência no lugar do Cerqueiral, em S. Simão da Junqueira, faleceu com a idade de 84 anos o sr. Horácio da Silva Nogueira, abastado proprietário naquela freguesia, e nosso prezado assinante. O saudoso extinto, era casado com a sra. D. Amélia da Silva Ribeiro e pai das sras. D. Laurentina, Alice e Mariana da Silva Ribeiro; sogro dos srs. Joaquim Martins Ferreira Azevedo, Alfredo Moreira Maia, e Paulino da Costa Amorim. Deixa ainda numerosos netos. O seu funeral, que constituiu uma das maiores manifestações de pesar naquela freguesia, teve lugar no dia seguinte, da residência para a Capela de Nossa Senhora da Graça, onde teve missa de Corpo Presente com ofício e daí para o cemitério paroquial, onde o corpo ficou inhumado em jazigo de família. Com a morte do sr. Horácio Nogueira, Vila do Conde perde um dos mais prestantes homens do seu concelho. Embora natural de Beiriz, o extinto, radicado por casamento em S. Simão da Junqueira, muito cedo, pelos seus dotes de trabalho, pela sua honestidade e ampla visão, foi chamado a intervir nas coisas da freguesia; e não só nesta: a sede também o escolheu para servir na Edilidade. Foi ainda um dedicado amigo do nosso jornal. Proprietário de uma grande casa de lavoura, serviu a agricultura do nosso concelho; e como se isso não bastasse, ainda encontrou tempo para servir os destinos da Junqueira e de Vila do Conde. A sua palavra honrada, as qualidades de trabalho, a amizade que a todos dispensava e os serviços que a Vila do Conde prestou, ficarão na memória de todos aqueles que tiveram o prazer e a honra de ser amigos de tão prestante cidadão. Foi Vereador da Câmara Municipal desta vila; 1° secretário do Grémio da Lavoura, cerca de 20 anos; Presidente da Junta de Freguesia de S. Simão da Junqueira, cargos que ocupou entre muitos outros, no momento impossíveis de enumerar. Não admira, pois, a quantidade e qualidade de pessoas que foram no dia do seu funeral, prestar junto aos seus restos, a última homenagem. Renovação apresenta a toda a família enlutada o seu cartão de sentidos pêsames.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s